Ao aplicar um modelo de organograma horizontal para conscientizar sobre a democratização do conhecimento e tomada de decisões, as responsabilidades do papel a ser representado pelo cargo/função são traçadas.
Os processos são padronizados para a construção de uma visão crítica em relação ao desenvolvimento continuado das ações. A análise do perfil do colaborador em relação às atividades a serem realizadas, estimula o desenvolvimento individual e favorece o desempenho coletivo, bem como a realização de processos seletivos, treinamentos, palestras motivacionais, acompanhamentos, desenvolvimento, avaliações individuais e por equipes com foco definido.